Compromisso com o sucesso financeiro dos nossos clientes

PREPARANDO PARA A RETOMADA | DIGITALIZAÇÃO E ADAPTAÇÃO AO NOVO CENÁRIO: A CHAVE PARA O CRESCIMENTO DO VAREJO E DOS SHOPPINGS

Encerrando nesta sexta-feira (19) o Preparando para a Retomada, evento online que discutiu o cenário econômico e mercado de ações do Brasil com a aproximação da reabertura econômica, a XP trouxe a discussão sobre os novos caminhos do setor de Varejo e dos Shoppings.

Reunindo Pedro Fagundes, Analista de Varejo da XP, Bruna Pezzin, Analista de Transportes, Bens de Capital e Shoppings da XP, Brunno Donadio, Sócio e Analista Sênior na Equitas, e Alice Cardoso, Portfolio Manager na Trafalgar Investimentos, a discussão girou muito pela consolidação dos shoppings de alta qualidade e também pela aceleração no processo de digitalização do varejo. Veja os principais destaques da conversa:

Resiliência: setor teve impactos controlados

Traçando o atual panorama do setor, os especialista avaliaram que os impactos foram muito menores do que poderiam ter representado os 3 meses de portas fechadas. “A visão é construtiva por três motivos: modelo de shopping permite uma adaptabilidade para as mudanças estruturais que vem acontecendo. Embora esteja sofrendo, o setor é resiliente com muito perfil de receita. Além disso, é um setor que caiu muito na bolsa, então tem um valuation muito atrativo”, ponderou Bruna Pezzin.

Os destaques ficaram para as ações de Iguatemi e Multiplan, que apresentam um portfólio de alta qualidade e que historicamente tem performance superior à média do mercado. Mesmo com os danos amortecidos, os riscos de uma segunda onda ainda assustam Brunno Donadio, sócio e analista sênior da Equitas: “A maioria dos shoppings teve um nível de inadimplência muito baixo mesmo com a crise. Junto com os estimulas monetário e fiscal, o cenário é muito melhor. Mas realmente, se tivemos uma segunda onda, vai ficar gente pelo caminho.”

No varejo, a solução esteve ligada à digitalização. Assim, ativos de Lojas Americanas, B2W e Vivara foram apontadas como as melhores ações. “As lojas que reabriram já atingiram em media 60% do nível de vendas pré-Covid. O que é interessante é que a conversão é maior, as pessoas deixaram de ir pra passear e vão pra comprar efetivamente”, completou Alice Cardoso, confiante nos caixas sólidos e mercado cíclico das empresas.

Comportamento e novo cenário

A pandemia abriu os olhos e acelerou um processo de mudança estrutural no setor, mesmo com bons números na breve reabertura que tivemos em algumas regiões. A penetração do e-commerce cresceu e deve ditar os novos rumos do setor nos anos seguintes, copiando padrão visto nos EUA, Europa e China.

A Vivara foi uma das empresas que teve jogo de cintura para se manter na pandemia, com vendas por Whataspp. “Elas representaram 30% das vendas no período. É uma venda online assistida, traz a conveniência das duas modalidades. É uma coisa que veio pra ficar”, analisou Alice Cardoso.

omnichannel tendência de integração de venda entre loja online e retirada em ponto físico também foi destaque como um dos pilares dessa nova estruturação. “Modelo é benéfico pois não tira o valor do ponto físico bem localizado, e dá muito campo de crescimento para desenvolvimento de sistemas e soluções de organização e gestão” avalia Brunno Donadio. As novas possibilidades de aumento de produtividade com alternativas de gestão e operação durante a quarentena também aparece como tendência para Pedro Fagundes.

Novos produtos também serão determinantes para o horizonte de crescimento das empresas. Com uma nova ferramenta de entregas em expansão acelerada e taxas operacionais abaixo do mercado, os especialistas veem como mais uma defesa do bom valuation dos papéis de Lojas Americanas (LAME3). Para Vivara, a pouca necessidade de liquidação de estoque e negociação abaixo das paralelas mundiais, faz o preço também atrativo.

 

Conteúdos XPI

Veja alguns dos nossos parceiros

  • Parceiro 10
  • Parceiro 9
  • Parceiro 8
  • Parceiro 7
  • Parceiro 6
  • Parceiro 5
  • Parceiro 4
  • Parceiro 3
  • Parceiro 2
  • Parceiro 1